Por medo de hostilização, petistas começam a desistir de prefeitura

Com medo de ser hostilizado nas ruas, o PT de Campo Grande ainda avalia lançar candidatura própria para disputar a prefeitura neste ano. O partido teve, ontem, mais uma desistência: o deputado estadual Cabo Almi confirmou ao diretório a retirada de seu nome por falta de sinalização de apoio e proteção dos companheiros da sigla. 

“Me coloquei à disposição e não vi nenhuma movimentação da parte deles. Entendi o recado, apesar de achar que poderia contribuir com minha experiência de 20 anos na política”, ressaltou Almi. Com isso já são quatro desistências à pré-candidatura, deixando o desafio para o vereador Alex do PT, que agarrou a oportunidade de ser indicado.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Também