Passou, multou: lombada marca velocidade a mais e revolta motoristas

Um grupo de condutores foi multado indevidamente na manhã desta segunda-feira (30), depois de passar em uma lombada eletrônica localizada na Avenida José Nogueira Vieira, no Bairro Tiradentes, na região leste de Campo Grande. 

Conforme os relatos, os carros passam a 15 ou 20km/h (quilômetro por hora) e a velocidade é registrada entre 70 a 90km/h.

"Eu passei a 17 km/h e marcou 77 km/h. Entrei em contato com a Agetran [Agência Municipal de Transporte e Trânsito] para que viessem aqui para consertar o aparelho e disseram que não mandariam ninguém e que eu deveria recorrer para anular a multa. Temos de perder tempo, trabalho e dinheiro para resolver algo que eles deveriam manter funcionando normalmente", lamenta o servidor público, Antônio de Jesus, de 48 anos.

O comerciante Adão Rojas Paim, de 63 anos, também foi multado nesta manhã. “Acabei de passei bem devagar e tomei uma multa como se tivesse passado a 70 km/h", afirma. Samuel Reis Rocha Sales, de 27 anos, observa que o problema não ocorre a todo momento. "Não acontece com todos. Alguns marcam normalmente e outros não", ressalta.

Segundo o autônomo Aldevino Flávio Macedo, de 54 anos, o problema é antigo e não foi resolvido porque muitos condutores não recorrer da multa. "Eles não se importam porque tem muita gente que nem recorre. Um primo meu perdeu a carteira por causa disso. Ele tomou tanta multa que perdeu a carteira e levou um ano para tirar nova habilitação", relata.

A equipe de reportagem esteve no local e constatou o erro. Questionado a respeito do fato, o chefe da Agetran, Elídio Pinheiro, não soube informar o que provocou o problema, no entanto, garantiu que a equipe técnica está verificando e que as multas inválidas serão automaticamente anuladas.  

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também