Noiva é atacada por ex-namorada do marido com balde de tinta na porta da igreja: “Casei mesmo assim”

Casar é o sonho de muitas mulheres, portanto, o grande dia é planejado durante muitos meses e todos os mínimos detalhes são pensados com muito cuidado. O vestido, entretanto, é um caso à parte e ganha uma atenção especial durante toda a preparação. No dia de seu casamento, Adiliane Faria Mattos não poderia estar mais feliz em poder, finalmente, dizer "sim" para o seu amado, André Inocencio.

Como nem tudo são flores, o sonho de Adiliane foi brevemente interrompido por um imprevisto: um banho de tinta. Em entrevista, a noiva do dia 16 de maio contou um pouco como foi o momento que, por um triz, não arruinou seu casamento.

 — Eu estava na porta da igreja e, de repente, ela [ex-namorada do marido] chegou e jogou a tinta em cima de mim. Uma menina que estava perto até me ajudou para que não caísse muita tinta em mim e o meu amigo Rodrigo foi atrás dela para não deixá-la fugir. Ela foi levada até a delegacia e eu fiquei sem reação durante muito tempo. Mas meu pai pediu para que eu não deixasse de entrar na igreja e eu casei mesmo assim.

 Adiliane caminhou na nave usando seu vestido branco com manchas rosa que só fizeram seu dia mais especial. A atitude de Giselia Silva, com quem André tem um filho, deixou o casal da vez um pouco atordoado e sem acreditar na situação.

— Ele ficou arrasado! Ele nunca achou que ela fosse fazer uma coisa dessas, mas ela fez, né?

A história tomou uma grande proporção quando a prima de Adiliane, Dara Mattos, publicou uma imagem da noiva com o vestido manchado e descreveu tudo o que havia acontecido naquele dia. Segundo ela, a atitude da prima foi uma bela demonstração de coragem.

— Isso é mostrar coragem, noiva é atacada com um balde de tinta ao entrar na igreja, pela ex do noivo. Mais mesmo com esse transtorno todo quem disse que uma tinta no vestido faz desistir. Não é a roupa que importa, é a celebração é o momento. E assim seguiu em frente ao casamento de cabeça erguida. Merece muitas palmas. (sic)

Com vestido manchado e muita coragem, Adiliane entrou na igreja e emocionou a todos. Segundo ela, o apoio de todos foi fundamental.

— Todo mundo me deu forças naquele momento, mas, no fim, deu tudo certo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também