Ninguém quer o Bernal – “zerado de aliados”

Sem aliados. É assim que caminha o Partido Progressista do prefeito Alcides Bernal (PP) um dia antes da convenção, que deve definir a candidatura do atual Chefe do Executivo em busca de uma reeleição em 2016. De acordo com Bernal, o PP perdeu o apoio do PDT e PPS, levando em consideração que Athayde Nery (PPS) lançou candidatura própria para concorrer ao pleito e o presidente regional do PDT, Dagoberto Nogueira declarou apoio ao ninho tucano de Rose Modesto na corrida pela prefeitura municipal de Campo Grande.

Alcides tenta evitar comentários ligados a negociações políticas, mas deixa claro que a maior chance é do PP concorrer as eleições sem apoio. "Nós falamos com PPS que integrava nosso governo e com próprio PDT que também integrava o governo com pastas importantes como a Emha e a Funsat, inclusive o próprio vereador Pedra que foi secretário na minha gestão. O Dagoberto já tomou a decisão de se aliar ao PSDB e o Athayde resolveu lançar candidatura própria. Então esses dois partidos que tínhamos contato, até por integrar o nosso governo, resolveram tomar outros caminhos e a gente entende e compreende, cada um faz o que acha melhor".

Questionado sobre a possibilidade de abrir espaço de vice para conquistar apoio, Bernal diz que pode acontecer e garante que anuncia amanhã (5), o nome de seu vice durante a convenção do partido. " Amanhã vamos definir quem será nosso vice, o partido propõe a sequência do nosso mandato, eu tenho dito para eles que sugiram também outros nomes, o importante que vale é democracia".

Bernal se recusa a citar os nomes de vice que foram cogitados dentro da sigla partidária e ressalta que as portas do PP ainda estão abertas para receber apoio. "Não posso citar quais nomes foram sugeridos. Pode ser de partido que queira integrar programa de governo progressista para a Capital.  Não estamos fechando as portas para ninguém, agora com certeza se não houver possibilidade de aliança com outros partidos, o partido tem quadros para preencher esse importante espaço", diz o prefeito.

O Chefe do Executivo destaca ainda, que não tem medo do eleitor confundir os lançamentos de programas da prefeitura, como o portal da transparência lançado nesta quinta-feira, com uma possível 'tacada' para angariar votos.

"Não tenho menor medo dos eleitores confundirem, porque  estou ai há pouco mais de dez meses fazendo trabalho muito forte para superar todas as dificuldades e cumprir com nosso dever  com uma gestão que tapa buracos, rombos, problemas gravíssimos, temos que resolver os problemas. Críticas sempre terá, principalmente dos adversários", finaliza Bernal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também