Não é milionário? Mesmo assim, você pode se divertir em Mônaco; veja como

Palco da sexta corrida do campeonato de Fórmula 1 de 2015, a ser realizada neste domingo (24), Mônaco é um local acostumado com Ferraris: o principado, situado entre a França e o mar Mediterrâneo, abriga alguns dos cenários e carrões mais luxuosos da Europa. Em seu pequeno território de 2 km², concentram-se hotéis, restaurantes, marinas e shoppings que, todos os dias, recebem a visita de legiões de endinheirados do mundo inteiro. 

Mas aqui vem a surpresa: não são apenas os milionários que têm o direito de curtir Mônaco. O destino possui diversas opções de passeio, hospedagem e alimentação que podem caber no bolso de um turista de classe média. E esses lugares em conta não são sinônimo de falta de qualidade: restaurantes estrelados no guia Michelin e hotéis cinco estrelas estão entre os locais que muitos viajantes podem frequentar por lá.

Mônaco é famoso por suas paisagens banhadas pelo mar Mediterrâneo e, mesmo visitando o principado de maneira econômica, você pode conseguir um quarto com vista para o oceano. O Hotel Columbus Monte-Carlo, por exemplo, tem diárias a partir de 140 euros e está localizado em Fontvieille, um distrito monegasco ao lado do mar e ao pé de um dos cartões-postais locais: o Rochedo. O local também oferece piscina (foto), vista privilegiada do jardim La Roseraie Princesse Grace e fica perto da elegante área de Port de Fontvieille. E detalhe interessante: o Hotel Columbus Monte-Carlo foi inaugurado em 2001 por David Coulthard, ex-piloto da Fórmula 1. Outras opções de hospedagem de bom custo-benefício são o Novotel (com diárias a partir de 140 euros e perto do Cassino de Monte-Carlo) e o Miramar, de três estrelas, que oferece vista para belezas como o Port Hercule e o Palácio do Príncipe. 

Mônaco é conhecido por suas paisagens marítimas e edifícios luxuosos, mas o principado é também um destino repleto de lindos jardins, que somam 250 mil m² de áreas verdes e quase todos com ingresso gratuito. Entre os espaços verdes que não cobram entrada estão os Jardins du Casino (localizados na frente do Cassino de Monte-Carlo) e o Jardin Japonais (feito em estilo japonês e com 7.000 m², na foto), além dos parques Princess Antoinette e o La Roseraie Princesse Grace, aberto em 1984 a mando do príncipe Rainier 3º para homenagear sua esposa, a Princesa Grace, que faleceu após um acidente de carro em 1982. O local exibe um roseiral de 5.000 m², com mais de 8.000 rosas. Outra opção gratuita é fazer um longo passeio pelo Port Hercule, o maior porto de Mônaco e onde é possível fotografar os luxuosos iates que frequentam a área.

Se você é daqueles que gostam de contar com a ajuda de operadoras e agentes turísticos em suas viagens, talvez valha a pena ir a Mônaco com um pacote. E a boa notícia é: o órgão oficial de promoção turística do principado, em parceria com a British Airways e a operadora Agaxtur, acaba de lançar uma viagem promocional para lá. Trata-se de um pacote que inclui quatro noites em um hotel cinco estrelas, passagens aéreas, transfer de helicóptero entre o aeroporto da cidade de Nice e Mônaco, champanhe, US$ 100 de crédito por quarto para consumo no restaurante do hotel, um city tour pelo principado com guia fluente em português e visitas ao Museu Oceanográfico e ao Jardim Exótico (na foto). O pacote não é barato, mas, somando tudo o que ele oferece, fica interessante: cerca de US$ 3 mil por pessoa. A promoção é válida até o dia 11 de junho, e as viagens devem ser realizadas até o dia 30 de junho. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também