Marquinhos Trad registra candidatura a prefeito de Campo Grande

O deputado estadual Marquinhos Trad (PSD) oficializou no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), no fim da tarde desta segunda-feira (15), sua candidatura a prefeito de Campo Grande. O concorrente falou abertamente sobre aumento do patrimônio e gastos de campanha.

Ao responder sobre o quando pretende gastar para divulgar suas ideias e propostas, ele disse que a principal dificuldade para ele está sendo arrecadar dinheiro. “Forças ocultas travaram tudo. Então, vou gastar o que eu conseguir arrecadar”, afirmou.

Marquinhos declarou R$ 1,4 milhão em bens e disse que, de 2014, quando concorreu aseleições e conquistou uma vaga na Assembleia Legislativa, para agora, seu patrimônio aumentou 14%.

Projetos – Saúde e educação são as prioridades do candidato. “Queremos criar uma gestão estratégica. Devolver os serviços de saúde, educação, segurança, lazer e mobilidade urbana, mas acima de tudo, de forma inteligente, monitorada e conectada”, declarou, citando a queda do desempenho da Capital em índices que medem o desenvolvimento dos municípios. 

Na “correria” em frente ao TRE para oficializar a chapa, Marquinhos não deu detalhes sobre as propostas, mas em recente entrevista ao Campo Grande News citou que medida urgentes precisam ser tomadas, como acabar com os buracos da cidade. 

Adriane Lopes (PEN), esposa do deputado estadual Lídio Lopes (PEN), será a vice na chapa. Além do PEN, a candidatura do PSD tem apoio do DEM,PMN, PHS, PTB, PPL e do PTdoB. Com cinco chapas para vereadores, Marquinhos entregou para registro nomes de 216 candidatos(as) a vereadores (as).

Advogado, Marquinhos Trad tem 51 anos, é casado e pai de quatro filhas. Ele foi secretário municipal em Campo Grande por sete anos, vereador e cumpre o 11º ano no cargo de deputado estadual.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também