Iniciativa da prefeitura viabiliza novos leitos de UTI na maternidade Cândido Mariano

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, inaugurou, junto do governador do Estado, Reinaldo Azambuja, vinte e seis novos leitos na maternidade Cândido Mariano, na manhã desta terça-feira (07). 

O Sistema Único de Saúde (SUS) terá dez novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatais instalados na Maternidade Cândido Mariano. Com esses novos leitos e outros dez que foram reformados e reinaugurados na maternidade ainda nesta manhã, são 48 leitos para os recém-nascidos que necessitam de internação de alta complexidade, disponíveis na Rede Pública de Saúde. 

De acordo com o presidente da maternidade, Alfeu Duarte, os leitos atendem a demanda de recém-nascidos prematuros que necessitam de cuidados especiais na internação. “O nascimento antecipado é bastante comum em mães que não realizam o pré-natal adequadamente e para isso precisamos oferecer estrutura e atendimento de qualidade”, explica Alfeu.

O prefeito Gilmar Olarte destacou que o trabalho conjunto foi viabilizado pela Prefeitura e enaltece a importância da parceria tripartite (município, estado e governo federal) para a melhoria da saúde, com ampliação e adequação das estruturas físicas e atendimentos. “Desde que assumimos a prefeitura, estamos empenhados em garantir mais qualidade na saúde de Campo Grande e a falta de leitos ainda é uma grande preocupação da gestão que busca, por todos os caminhos, alternativas para atender toda a demanda”, conta o prefeito anunciando ainda a abertura de mais 30 novos leitos intermediários na Maternidade. 

“Os novos leitos são de alta complexidade e comportam os recém-nascidos que tiverem alguma complicação durante o parto, sejam por prematuridade ou outra questão que implique no bem estar do bebê”, explica o secretário de Saúde do Município, Jamal Salem. Ele ressalta ainda que o índice de mortalidade materna e infantil apresentou o menor índice da história de Campo Grande e isso está diretamente relacionado à melhora no atendimento e acolhimento das gestantes e seus recém-nascidos.

Para o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, os novos leitos serão mais um reforço para o déficit que o Estado, assim como em todo o país, enfrenta. O investimento é de mais de R$ 1,5 mi, recurso advindo do Fundo Especial da Saúde do Ministério da Saúde, para o custeio dos leitos e ainda com a contrapartida da prefeitura de R$ 200 mil em recursos humanos para atender essa ala da maternidade.

A cerimônia de inauguração aconteceu na manhã desta terça-feira (7), na Maternidade Cândido Mariano. Para o ato estavam presentes autoridades do Poder Executivo, Legislativo e Judiciário do Estado e Município.

Fonte/Autor: Cibele Sodré 
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também