Inaugura em abril, UPA Leblon já está com sérios problemas

Um mês e meio depois de sua inauguração, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon já apresenta problemas. Usuários da unidade reclamam da demora do atendimento e do aparelho de raio-x que já não funciona mais. A unidade foi inaugurada no dia 11 de abril e fica localizado no Jardim Leblon, região sudoeste de Campo Grande.

De acordo com a auxiliar veterinária Natália Basseto, de 26 anos, esperar horas por um atendimento já virou rotina. “Eu preciso vir aqui no UPA todos os dias porque tenho amigdalite e tenho que tomar medicamento na veia. E é sempre assim. Ás vezes eu tenho que esperar 40 minutos só na triagem”.

Segundo ela, nesta sexta-feira (27), a unidade contava só com um médico e a alguns pacientes tiveram que esperar a manhã toda para serem atendidos. Eles só conseguiram o atendimento após profissionais da unidade móvel chegarem ao local.

Natália ainda acrescenta que, com o Raio X quebrado, os pacientes são encaminhados para outras unidades para realizar o exame, mas têm que voltar para a UPA Leblon para trazer os resultados. De acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), já foi solicitado à prefeitura o conserto do aparelho.

A Secretaria de Saúde ainda esclarece que os profissionais cumprem uma escala de acordo com as classificação de risco dos pacientes. Ou seja, alguns médicos ficam nas classificações “vermelha” e “amarela”, que são os casos de emergência. Por isso, sobra poucos para cumprir os pacientes nas classificações “verde” e “azul”, que são os de menor risco e isso deixa o atendimento mais lento.

“Por isso, temos a equipe móvel. Temos um monitoramento em tempo real, se a gente vê que está acontecendo o atraso, esta equipe é acionada. Só que as vezes eles já estão atendendo em outras UPAs e Centros Regionais de Saúde 24h, e por isso podem demorar”, informou a assessoria.  
(Texto sob supervisão de Marta Ferreira)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também