Gripe H1N1 ja matou 86 pessoas no estado

De acordo com boletim epidemiológico divulgado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), o Estado soma, neste ano, 86 mortes por conta da doença.

Conforme a divulgação, as mortes foram confirmadas em Amambai, Antônio João, Bataguassu, Ivinhema, Ladário e Maracaju, além de três em Ponta Porã e as cinco da Capital.

No ano, já foram registrados óbitos em 29 municípios de Mato Grosso do Sul. Essas vítimas faleceram não só por conta do H1N1, mas também por Influenza B (3) e por Influenza A não subtipado (1).

Das 86 vítimas, 73 apresentavam fatores de risco, sendo 19,1% com doença cardiovascular crônica, 16,9% pneumopatia crônica, mesmo percentual das vítimas com diabetes, 14,6% eram obesas e 3,4% doentes renais.

Há ainda vítimas que tinham doenças hepáticas, neurológicas, síndrome de down, gestantes e indígenas, que também fazem parte do grupo de risco.

Com relação aos casos suspeitos, foram feitas 1.389 notificações, sendo confirmados 395 casos de H1N1, 27 de influenza B, e um de H3N2 e Influenza A não subtipado.  

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também