Gilmar Olarte que era vice de Bernal e apoiou Azambuja e Rose em 2014, esta preso

O Ministério Público Estadual confirmou em nota que foi pedida a prisão do prefeito afastado Gilmar Olarte, de sua esposa Andreia Olarte além de Evandro Simões Farinelli e Ivamil Rodrigues de Almeida. As prisões e busca e apreensão foram solicitadas na “Operação Pecúnia” e as buscas foram feitas também na empresa de Andreia, a Casa da Esteticista, além da residência de Ivamil e Evandro e nas empresas “Ivamil Eventos” e na “Chassi Automotivo”, de propriedade de Evandro. 

Segundo as informações do MPE a operação apura crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade ideológica. Na casa do casal, o Gaeco também fez busca dentro dos carros, e a defesa ainda não se pronunciou sobre o caso. 

Em nota oficial, o MPE ainda informou que seria uma continuação da “Operação Adna”, que está tramitando judicialmente tendo Olarte como réu em corrupção passiva. Já as novas investigações foram iniciadas a partir dos dados obtidos com a quebra do sigilo bancário de Andreia e da empresa, além de informações de que entre os anos de 2014 e 2015, enquanto Gilmar era prefeito da Capital.
 
Há suspeita de que o casal tenha comprado imóveis na capital, alguns em nome de terceiros, com pagamentos iniciais em elevadas quantias, fazendo o pagamento ora em dinheiro vivo, ora utilizando-se de transferências bancárias e depósitos, os quais, a princípio, são incompatíveis com a renda do casal. 

O MPE aponta que para isso o casal Olarte contou com a ajuda de Ivamil Rodrigues, corretor de imóveis e braço direito do casal nas aquisições imobiliárias fraudulentas e Evandro Farinelli, pessoa que cedia o nome para que as aquisições fossem feitas em nome de Andréia Olarte.

HISTÓRICO

Gilmar Olarte foi o escolhido para ser candidato a vice-prefeito na chapa  Alcides Bernal, do PP. A chapa venceu as eleições de 2012.

Em 2014, o então prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte, era muito próximo de Reinaldo Azambuja e Rose Modesto e os apoiou para o Governo do estado de Mato Grosso do Sul. O PSDB, comandou a secretária de Educação do municipío de Campo Grande, na adminstração Olarte. 

  

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também