Festival América do Sul Pantanal transforma Corumbá na capital da cultura, turismo e gastronomia

 Corumbá, localizada a 425 km da capital Campo Grande, será palco de um dos mais importantes festivais de Mato Grosso do Sul: o Festival América do Sul Pantanal (FASP 2015), realizado pelo Governo do Estado através da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação. De 20 a 22 de agosto, cerca de 470 artistas apresentarão suas produções em diversas áreas como artesanato, artes plásticas, fotografias, oficinas, música, dança e teatro. Serão 108 atrações espalhadas por Corumbá e Ladário, no Brasil, e em Puerto Quijarro e Puerto Suárez, na Bolívia.

Em sua 12ª edição, o FASP também traz na programação o Festival Gastronômico Sabores das Américas, FEGASA. Chefs de cozinha de vários cantos do país farão suas versões de pratos nacionais e internacionais em oficinas gastronômicas, que acontecem de 21 a 23 de agosto. Há ainda palestras sobre economia criativa e exibição de curtas metragens.

Nesta edição do festival serão homenageadas duas importantes personalidades: o matemático e poeta chileno, Nicanor Parra, e o músico tocador de blues, Renato Fernandes, falecido no início deste ano e que deixou um exímio legado musical na história da cultura sul-mato-grossense. Para saber a programação completa do evento, entre no sitewww.festivalamericadosulpantanal.com.

Turismo e História

Corumbá é um dos destinos mais procurados por turistas interessados em conhecer as belezas do Pantanal, que cobre 70% da área do município. A cidade, com cerca de 110 mil habitantes, está situada à margem direita do rio Paraguai que é o principal rio do Pantanal. Destaca-se pela boa pescaria, sua gente hospitaleira e pela exuberância da maior área alagável do planeta. Além dos aspectos naturais, a cidade possui uma história rica que se encontra registrada nos prédios históricos existentes na cidade.

Com o nome de origem tupi-guarani Curupah – que significa “lugar distante” – a ocupação da região teve início ainda no século XVI. Com a expectativa de encontrar ouro, a área do atual município foi explorada pelos portugueses que começaram a chegar em 1524.

Hoje Corumbá é uma das cidades mais importantes para o turismo de Mato Grosso do Sul e guarda uma enorme diversidade de espécies da fauna e também da flora brasileira. No sitewww.corumba.ms.gov.br você conhece um pouco mais sobre o turismo de Corumbá.

Fonte: Fundação de Turismo de MS / Débora Bordin

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também