Escândalos de corrupção afastam políticos das eleições

Os escândalos de corrupção “estourados” com as operações da Polícia Federal transformaram os políticos em “bandidos”.

Até os honestos são colocados na mesma lama. Hoje, quem está no Poder Executivo, por exemplo, seja estadual e municipal, será alvo de investigação policial ou do Ministério Público mesmo com gestão correta. Isto está levando muitos deles a desistir de concorrer as eleições.

No final das investigações pode não dar em nada por falta de provas dos indícios de irregularidades. Mas só o fato de um promotor de Justiça apontar os supostos crimes na administração pública, o agente político já está condenado pela população.

No interior de Mato Grosso do Sul, prefeitos se queixam da perseguição de promotores de Justiça. Eles passam grande parte do tempo dando explicações de seus atos que, muitas vezes, só atrapalham a administração.

“Está difícil fazer política”, comentou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (PMDB).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também