Dilma sofre derrota e ”pauta-bomba” pode atingir Estados e municípios

O governo sofreu uma nova derrota na Câmara dos Deputados e o primeiro item da chamada pauta-bomba do Congresso deve ser votado nesta quarta-feira (5).

Trata-se da PEC 443, que equipara salários da AGU (Advocacia-Geral da União) e de delegados aos do Judiciário. A proposta cria custos adicionais para a União e também para Estados e municípios.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) atendeu ao pedido do governo e propôs o adiamento das discussões para a última semana de agosto. A maioria dos líderes na Câmara concordou.

Na hora da votação individual nesta terça-feira (4), no entanto, o governo perdeu. Diante da derrota do governo, Cunha voltou a se reunir com os líderes e propôs adiar as discussões para a quarta. (Folha)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também