Dilma esta com medo de “impeachment”

Dilma Rousseff, Aloizio Mercadante, Pepe Vargas e Ricardo Berzoini se reuniram na semana passada no Palácio do Planalto para tratar de um dos temas que mais afligem o governo: a eleição para a presidência da Câmara.

De acordo com relatos feitos a outros petistas, muito mais do que qualquer diferença ideológica ou antipatia pessoal, o que pesa mesmo no núcleo duro do governo contra Eduardo Cunha e a favor de Arlindo Chinaglia é o receio de que o peemedebista possa pôr em votação – ou liderar – um processo de impeachment contra Dilma.

Cunha já mandou recados de que não agirá assim. Mas o Planalto não acredita.

O governo tem oferecido mundos e fundos para deputados aderirem a Arlindo Chinaglia e não embarcarem na canoa de Eduardo Cunha.

O problema, diz um experiente peemedebista, é que este governo não tem tradição de pagar o que promete aos políticos, ao contrário de Cunha.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também