Deputados querem obrigar operadoras a bloquear sinal de celular em presídios

Deu entrada esta semana na Assembleia Legislativa um projeto de lei que obriga as operadoras de telefonia móvel a instalar equipamentos tecnológicos que identifiquem e bloqueiem sinais de telecomunicações nos estabelecimentos penais e nos centros de socioeducação em Mato Grosso do Sul.

A proposta, de autoria dos deputados estaduais Marquinhos Trad (PMDB) e Mara Caseiro (PTdoB), também determina que as empresas prestem todos os serviços de manutenção, troca e atualização tecnológica dos equipamentos.

O projeto, que ainda precisa ser analisado pela Casa de Leis antes de ser promulgado, estabelece que as operadoras poderão ser multadas em valores que vão de R$ 50 mil a R$ 1 milhão, por estabelecimento penal, em caso de descumprimento. A fiscalização ficaria por conta do Estado.

Os parlamentares alegam que por todo o país é comum a utilização de celulares dentro dos presídios, muitas vezes usados pelos detentos para comandar ou ordenar crimes do lado de fora das grades.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também