Depois de 13 anos, o Brasil voltou a ser governado por alguém que sabe falar português

Quando Lula agarra um microfone, os plurais saem em desabalada carreira, a gramática se refugia na embaixada de Portugal e a regência verbal se esconde no sótão de um casarão abandonado.

Quando Dilma Rousseff embarca num palavrório de improviso, o raciocínio lógico providencia um copo de estricnina (sem gelo) e os dicionários entram em pânico com o início de outra selvagem sessão de tortura.

No primeiro discurso como presidente, Michel Temer mostrou que trata o idioma com bastante carinho. Eis aí uma notícia animadora: depois de 13 anos, o Brasil voltou a ser governado por alguém que sabe falar português.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também