Dagoberto descarta apoio ao PT e insiste em pré-candidatura própria

Após tomar conhecimento de que o Partido dos Trabalhadores decidiu dar continuidade a pré-candidatura do vereador Alex do PT para disputar a prefeitura de Campo Grande nas eleições de 2016 e deseja que o PDT fique como vice na chapa, o presidente regional do PDT, Dagoberto Nogueira garantiu que a sigla não pretende aceitar. O deputado federal e já descarta caminhar com os petistas nas eleições de 2016.
 
Dagoberto afirmou que não existe possibilidade do partido abrir mão da sua pré-candidatura a prefeito da Capital. "Não existe possibilidade do partido voltar atrás em relação da minha pré-candidatura, definimos isso dentro do partido e vamos manter. Não vamos aceitar ser vice do PT, não existe nenhuma possibilidade, em hipótese alguma disso acontecer".
 
Conforme Dagoberto, o PDT confia na força de sua pré-candidatura e já havia oferecido o cargo de vice para os petistas na chapa, porém, os aliados reverteram a situação e agora devem receber um 'não' como resposta e perder mais um aliado para disputar as eleições.
 
"Quem tinha oferecido o vice para eles era o PDT,nós que colocamos essa ideia para eles, mas agora que decidiram que querem manter pré-candidatura, então que mantenham, mas sem o nosso apoio", diz o presidente.
 
Questionado sobre o PT manter o nome de Alex, Dagoberto volta a destaca que o PDT não confia no nome do vereador para disputa. "Nós consideramos o vereador Alex como um nome forte, que pode prejudicar o partido futuramente. Não acreditamos que eles tem força para ganhar as eleições".
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também