CRAS faz pastelada e arrecadação “forçada” revolta pais

Mães de crianças atendidas pelo Centro de Referências de Assistência Social (CRAS) Margarida Simões Correa Neder, no Bairro Estrela Dalva, que preferiram não se identificar, estão indignadas com a forma com que a diretora da unidade está arrecadando dinheiro. Uma pastelada está sendo organizada para arrecadar dinheiro de forma "forçada".

Segundo as mulheres, a diretora Rosimara Piva Pereira estaria forçando crianças carentes a pedirem dinheiro aos pais, justificando que o pedido partiu da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS).

De acordo com uma das mães, a diretora afirma que a pastelada marcada para esta sexta-feira (18), é um pedido da SAS, mas não informa para quê e nem para onde o dinheiro será destinado.

"A comunidade é leiga e as crianças daqui estão na situação de vulnerabilidade social, não tem dinheiro para levar e mesmo assim ela força as crianças a levarem dinheiro. Essa pastelada não pode acontecer. A gente nem sabe para onde esse dinheiro vai", disse uma das mães.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Também