Consumo de gasolina cai 5,5% e de etanol sobe 58,9% em MS

O consumo de gasolina caiu 5,54% em Mato Grosso do Sul no primeiro semestre de 2015 frente o de 2014, recuando de 340,508 milhões de litros para 321,652 milhões de litros. Em contrapartida, as vendas de etanol aumentaram 58,94%, na mesma comparação, passando de 72,329 milhões de litros para 114,964 milhões de litros.

Os dados são da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que aponta ainda que entre abril, quando as usinas do estado iniciaram a moagem da safra 2015/2016, e junho, o preço médio do etanol no estado recuou 4,45%, enquanto que o da gasolina, no mesmo intervalo de tempo retrocedeu 4,58% nos postos sul-mato-grossenses.

A Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), atribui o aumento das vendas de etanol no estado principalmente ao ganho de competitividade do biocombustível frente a gasolina.

Em razão da diferença de poder calorífico dos combustíveis, o uso de biocombustível é vantajoso nos motores flex somente se o preço do seu litro estiver abaixo de 70% do valor do litro do combustível fóssil.

Conforme a entidade, o etanol tem se mantido competitivo frente a gasolina no estado já há 17 semanas consecutivas. Nesta semana, por exemplo, entre domingo (19) e este sábado (25), o preço médio do litro do etanol nos postos, R$ 2,202 representava somente 68,92% do valor da gasolina, que era na média estadual de R$ 3,195.

“O consumidor é atento, pesquisa e opta pelo combustível que será mais vantajoso economicamente na hora de abastecer. Ao escolher o etanol ele não só economiza como contribui para a geração de empregos e a preservação do meio ambiente”, apontou o presidente da Biosul, Roberto Hollanda.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também