Chamada de gorda, mulher perde 50 kg e ganha 14 mil seguidores na web

Mesmo tendo lutado a vida inteira contra a balança, a ex-corretora de imóveis Pricila Luisa Santos Silva só encontrou motivação suficiente para emagrecer depois de uma confusão no trânsito em Brasília. Ela, que tem 1,66 m e na época pesava 109 kg, foi fechada por outro motorista e ouviu um “s+.ai da frente, sua gorda” quando voltava do trabalho para casa.  A sacudida a fez procurar um nutricionista e começar a malhar. A mulher perdeu 50 kg em um ano e sete meses. Satisfeita com o resultado, ela largou o emprego, criou uma grife de roupas femininas e passou a dar conselhos por meio de uma rede social, onde já atingiu 14,2 mil seguidores.

“A vida inteira lutei contra a balança. Quando adolescente, entrei no 'Vigilantes do Peso' e fiz várias dietas. Consegui perder 15 kg, porém veio a faculdade e voltei a engordar. Terminei a faculdade com 70 kg. Casei e continuei engordando, chegando aos 88 kg antes de engravidar”, lembra Pricila.

Durante a gestação, a mulher chegou aos 119 kg. O nascimento da bebê em 2011 a ajudou a perder peso, mas não o suficiente. A mulher começou a fazer dietas por conta própria, alimentando-se apenas de sopa e evitando carboidratos e doces. Ela lembra que nunca cogitou fazer cirurgia bariátrica, pois viu familiares passando por operações e engordando depois.

“Sempre fui contra [a intervenção para redução de estômago]”, afirma. “[Mas então] Fui fechada por um cara na volta para casa e ele falou isso. Foi aí que a ficha caiu, pois eu não me via tão gorda assim. Isso foi em setembro de 2011. Eu tinha 28 anos.”

Pricila conta que o marido recomendou então que ela procurasse um profissional que pudesse ajudá-la, já que ela tinha dificuldade para emagrecer. A empresária passou a ser acompanhada por um personal trainer e a malhar cinco vezes na semana, inclusive para combater flacidez. Ela fez ainda uma dieta equilibrada, com pouca ingestão de carboidratos e com intervalos de duas horas e meia entre cada refeição, para ajudar o metabolismo.

A mudança de postura acabou influenciando outros aspectos da vida dela. “Melhorou 100% minha saúde, pois hoje sou muito mais disposta, autoestima nem se fala. Devido ao meu emagrecimento, virei empresária do ramo da moda, na qual a modelo das minhas peças sou eu mesma.”

A mulher virou referência em redes sociais e recebe diariamente pedidos de dicas. Além disso, afirma, várias pessoas a procuram para contar as dificuldades que enfrentam para emagrecer. Os conselhos são dados por meio de redes sociais.

“Lá, além das roupas que vendo, posto várias dicas e estímulos para a perda de peso”, explica. “[Não tenho] Nenhuma saudade. Quero esquecer e apagar da memória essa fase.”

A determinação da empresária e o resultado alcançado renderam ainda um convite para posar para um calendário com fotos de ex-obesos. Ela afirma que mantém o acompanhamento com o nutricionista.

“Hoje sei comer corretamente sem excessos e sem engordar. Até hoje faço dieta, final de semana eu saio da rotina, mas segunda retomo a vida normal”, conclui.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também