Casados mas em casas separadas, rotina não faz parte destes eternos namorados

O amor, Ahhh! O amor, o que seria dos poetas se não fossem estas quatro palavrinhas capazes de encher de felicidade qualquer casal de enamorados. E para quem já está junto há tanto tempo? O namoro ainda existe? Categoricamente muitos respondem sim.

Como é o caso do casal Patrícia de Simioli Brito e o ‘marido’ Ivan Luis Pereira – ambos com 44 anos. O casal está junto há 14 anos, são ‘casados’, mas sem toda aquela formalidade que a sociedade impõe. Desse relacionamento veio à filha, Desirré, de 9 anos. E pasmem! A família vive em casas separadas, isso mesmo, cada um na sua e, para Patrícia, esta 'fórmula' tão diferente tem dado certo.

“Descobrimos está forma, talvez, para muitos é estranho e pode não dar certo. Mas, para nós é totalmente normal”, conta Patrícia. A relação que para muitos gera estranheza, principalmente, para os familiares é vista com naturalidade pela filha do casal, que segundo Patrícia nunca achou ‘anormal’ o modo de vida da família.

“Cada dia ela, Desirre, dorme em um local diferente, às vezes na minha casa, outras na do pai e também dormimos juntos”,diz a mãe que já foi cobrada por muitas vezes pela família se não iriam oficializar a união e morar todos em um mesmo local.   

“Nosso relacionamento é muito bom, ninguém fica nessa loucura de ciúmes, me sinto segura ao lado dele por que ele me passa segurança”, diz. E para eles este relacionamento tão diferente faz com que a sensação de ‘eternos namorados’ se perdure por muito mais tempo.

E quem pensou que o casal não pensa em um dia quem sabe juntar as escovas, está enganado. “Quem sabe quando estivermos bem velhinhos a gente não more junto para um cuidar do outro”, finaliza Patrícia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também