Capes aprova o doutorado em Agronomia na UEMS

No início desta semana a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou a aprovação do doutorado em Agronomia na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade de Aquidauana. Esse é o segundo doutorado conquistado pela Universidade, e será ofertado a partir de 2015. A UEMS também oferece o doutorado em Recursos Naturais.

A pesquisa no campo de Agronomia em Mato Grosso do Sul é uma das áreas mais relevantes, pois é o setor que detém parte da economia do Estado. Para o reitor da UEMS, Fábio Edir, “há a necessidade de o Estado buscar novas fronteiras, principalmente na área da agricultura por meio de agregação de valor. É preciso garantir uma produção sustentável com respeito ao meio ambiente e valoração da economia, e o nosso doutorado vem para contribuir”, explica.

Na UEMS, as ciências agrárias estiveram presentes desde sua implantação em 1993, ano da criação da Unidade Universitária de Aquidauana, com o curso de Zootecnia. Por estar situada em uma região de transição entre dois grandes ecossistemas (o Cerrado e o Pantanal), a unidade possui potencial para gerar e difundir conhecimento e tecnologia para uma área não privilegiada por outra IES. Em 1999, para viabilizar a otimização de recursos humanos e materiais, a UEMS consolidou seu polo agrário com a criação do curso de Agronomia.

Atualmente, a UEMS de Aquidauana possui um grupo de pesquisadores consolidado. O reitor da UEMS, Fábio Edir, explica que essa aprovação é fruto de um trabalho coletivo. “Esse reconhecimento da Capes é resultado de muito esforço realizado por um grupo importantíssimo para a instituição. Essa vitória nos enche de orgulho, e vem agregar num momento importante para nossa Universidade, pois estamos encerrando mais um ciclo, o término das comemorações dos nossos 20 anos”, diz o reitor.

Segundo a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Carla Centeno, a unidade de Aquidauana tem uma produção em pesquisas acima da média. “Em equipe, eles conseguiram elevar a nota do programa para 4, o que demonstra um trabalho realizado com eficácia. Além disso, essa aprovação do doutorado em Agronomia no interior do Estado contribui para sanar as assimetrias por conta da concentração de doutorados nos grandes centros”, explica.

As propostas de Avaliação de Proposta de Curso Novo (APCNs) e os projetos Minter-Dinter foram avaliados pelas respectivas áreas no período de 10 a 28 de novembro. Os APCNs foram posteriormente avaliados durante a 156ª Reunião do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES), realizada no período de 8 a 12 de dezembro de 2014, em Brasília. 

Estrutura da unidade da UEMS em Aquidauana

A Unidade da UEMS de Aquidauana está instalada em uma propriedade com 806 hectares, dotada de infraestrutura necessária para o desenvolvimento de atividades práticas ligadas à área, tais como: laboratórios de ensino, (Zoologia, Microscopia, Anatomia animal, Química e Bioquímica, Geologia, Mineralogia e Informática); laboratórios de pesquisa (Solos, Carcinocultura, Entomologia agrícola; Nutrição de plantas; Fertilidade dos solos; Qualidade de água e Cultivo protegido). Além disso, possui setores de produção, como: Fruticultura, Olericultura, Mecanização agrícola, Processamento de produtos vegetais, Suinocultura, Bovinocultura de leite, Bovinocultura de corte, Piscicultura, Avicultura e Forragicultura. A unidade também conta com uma Empresa Júnior que propicia aos acadêmicos desenvolverem atividades junto à comunidade local.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também