Bombeiros resgatam corpo no Inferninho e causa da morte é cercada de mistério

O resgate do corpo encontrado na tarde deste domingo (14), na Cachoeira do Inferninho, em Campo Grande, levou mais de uma hora. O corpo foi retirado da base da cachoeira por militares do Corpo de Bombeiros, que utilizaram cordas para içar o caixão por 35 metros. Por se tratar de um local perigoso e que estava molhado pela chuva, a perícia técnica não pode descer até o local onde estava o corpo.

O corpo do homem com idade aproximada de 25 anos, teria sido encontrado por banhistas que estavam na cachoeira. Foi feita uma ligação anônima ao Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança). Os policiais militares foram até o local e chegaram a descer onde estava o corpo do rapaz. Ele vestia uma calça jeans e uma camiseta preta.

Segundo o delegado Márcio Custódio, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital, o corpo será encaminhado para o Imol (Instituto Médico e de Odontologia Legal), para serem realizados exames que determinarão a causa da morte. O corpo apresenta uma marca de traumatismo na cabeça.

Conforme o delegado, será investigado como o homem chegou ao local, que é de difícil acesso e o que causou a morte dele. Não é possível afirmar se ele caiu da cachoeira. A polícia irá trabalhar com as possibilidades de ele ter sido morto ou ter sofrido um acidente já na parte inferior da queda d’água.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também