“Berço politico” de Rose Modesto – moradores do Parati clamam por segurança pública

Moradores do bairro aonde foi criada e é o "berço politico" da candidata a prefeita de Campo Grande pelo PSDB, vice-governadora Rose Modesto, estão revoltados com a falta de segurança. Um grupo se reuniu na manhã desta quinta-feira (11) para fazer um alerta e chamar a atenção das autoridades sobre a situação do bairro. Segurança pública é dever do governo do estado do MS. 

Os moradores reuniram-se na praça central do bairro e afirmaram que o número de assaltos e estupros na região é muito alto, “Quando tem uma ocorrência a polícia demora para chegar. Queremos que seja instalado no bairro um videomonitoramento como existe em outros bairros da cidade”, fala Maicon Silva, de 32 anos, comerciante e morador do bairro.

O comerciante ainda explica que o totem, que ficava na Rua da Divisão e foi retirado, inibia a ação dos bandidos. O técnico de informática, Vanderlei Shinaide, de 32 anos, morador do Bairro Jardim das Nações, explica que na região dele, os assaltos ocorrem durante o dia, já no Parati são durante a madrugada.

Depois de morar por 28 anos em São Paulo e se mudar há três anos para o Parati, a consultora de vendas, de 45 anos, que não quis se identificar, fala que nunca foi assaltada na capital paulista, “Já fui assaltada aqui em um ponto de ônibus e minha casa já foi arrombada”, explica.

Rose Modesto, tem um projeto na Rua da Divisão, chamado, "Seguindo em Frente". Moradores tem afirmado que esta dificil "seguir em frente"com tanta falta de segurança.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também