Ato terrorista é simulado no Rio de Janeiro

As forças de segurança que atuarão nas Olimpíadas no Rio fizeram, na manhã deste sábado, uma simulação de um ataque terrorista. O ato ocorreu na estação de trens de Deodoro, bairro da zona Oeste com sete instalações olímpicas, e faz parte do treinamento da equipe de segurança vai trabalhar nos jogos.

A simulação mobilizou 500 pessoas. Alguns voluntários que trabalham na organização das Olimpíadas se passaram por passageiros feridos e foram levados para a plataforma, onde receberam os primeiros socorros.

Além do resgate de feridos, o treinamento envolveu a explosão de uma bomba colocada em uma a mochila abandonada, ao lado dos trilhos. Também foram simuladas a troca de tiros e a perseguição a terroristas.

A Secretaria de Segurança do Estado do Rio divulgou, no Twitter, que a o objetivo do ato foi “testar o planejamento e ações da resposta em um cenário crítico”. Participaram do treinamento, além das Forças Armadas, policiais federais, civis, bombeiros, guardas municipais e profissionais da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça.

O horário dos trens não sofreu alteração por causa da simulação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também