A tão sonhada lua de mel foi frustrada por um pequeno detalhe: não havia cama de casal

Logo após o casamento, é natural que os noivos curtam uma lua de mel, isso é fato. Geralmente, o casal sonha com aquele momento, de irem para alguma cidade, ficar em um hotel cinco estrelas e até prepararem o roteiro da viagem. Tudo faz parte do pacote ‘casamento’.

Com o casal Karolline de Souza Lima Abuchaim, 24 anos e Paulo Abuchaim, 40 o sonho da lua de mel não foi diferente. Apesar de terem casado no dia 11 de novembro de 2011, todo aniversário de casamento é tido como lua de mel.

No ano seguinte, quando completariam ‘Bodas de Papel’, o casal programou a tão sonhada ida a Gramado (RS) – o que estaria já no roteiro lua de mel de aniversário de casamento. “A gente sempre viaja para lugares que não conhecemos e queria muito conhecer a cidade”, explica a esposa.

Como de praxe, uma viagem de suma importância como estas, é programada e digamos, meses antes. Pela internet, o casal fez não só a compra das passagens, como também, a reserva do hotel que se hospedariam.

No dia da partida, optaram por sair de madrugada e lá foram rumo a Gramado. Ao chegarem ao hotel, tiveram uma triste surpresa: não havia uma cama de casal conforme fora anunciado no site, quando fizeram e pagaram as diárias, num total de R$ 1.553.

 “Estávamos exaustos da viagem, chegamos a Porto Alegre e locamos um carro rumo a Gramado e lá no hotel, nem reparamos no começo porque fomos direto tomar banho, só que, quando fomos deitar para descansar um pouco, percebemos que não havia cama de casal e sim, duas camas de solteiro juntas e cobertas com um lençol de casal, vê se pode?”, conta Karoll.

Com a ocasião, o casal desceu para pedir então, o quarto que estava anunciado, quando fizeram a reserva e, sem saber explicar, o gerente até tentou resolver, mas não conseguiu, uma vez que era procedimento daquele hotel e, conforme o proprietário, todos os quartos de lá, tem duas camas juntas.

“Foi até engraçado, mas porque então que anunciam no site que teria cama de casal… foi bastante estressante, só de lembrar já me canso”, argumenta a esposa.

Resumo da Ópera

Não satisfeitos em passar a lua de mel de aniversário de casamento em camas separadas, o casal que havia programado a viagem e inclusive, as programações culturais a serem feitas, ainda na primeira noite da viagem, resolveu sair do hotel.

O stress não parou por ai. Por ser o começo das festas de fim de ano, quando Gramado fica toda ilumina e com uma programação natalina a rigor, todos os hotéis da cidade estavam tomados, o que obrigou o casal a pernoitar num motel.

“A gente até tentou procurar hotel, mas acabamos dormindo num motel e perdemos todos os espetáculos que queríamos assistir naquele dia… mas, no dia seguinte, encontramos uma pousada maravilhosa, que tinha até vista para o vale… mas tivemos que pagar o dobro para nos hospedar sem resevar”, resume o marido.

Danos Morais

Fora o incidente, a viagem aconteceu e foi maravilhosa, não tenhamos dúvida. Mas para o advogado, ela não acabou ali. Logo que voltaram dos pampas, entraram com a ação de danos morais e ressarcimento do valor pago contra o hotel. 

A causa foi ganha (Leia matéria do Jornal Midimax) e o hotel terá de pagar o valor de três salários mínimos a Paulo e Karolline, o que equivale a R$ 2.364.  “A ideia era exatamente essa, penalizar de alguma maneira o malfeito que eles fizeram com a gente; achei muito ridículo porque no site era uma cama linda e maravilhosa, com edredons e acolchoado e chegar lá e encontrar duas camas juntas… foi frustrante”, pontua Paulo sobre o valor ‘simbólico’ que ganharam.

Já para Karolline, o valor e até o processo não compensam todo o stress sofrido na época, mas pelo menos, o hotel terá de arcar com as consequências. E quando perguntei sobre os cuidados que eles têm, para reservarem hotel e programarem viagem ela dá a dica: “é legal buscar alguma referência, sempre nas compras virtuais tem comentários positivos e negativos da compra e agora estamos sempre de olho nas informações de pessoas que já frequentaram o hotel e tal”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também