15 candidatos a prefeito da Capital declaram total de R$ 7,7 milhões em bens

O registro oficial das candidaturas ao cargo de prefeito da Capital revelou a relação de bens de cada postulante ao cargo hoje ocupado por Alcides Bernal (PP). O montante apresentando por 13 dos 15 candidatos perfaz um total de R$ 7.715.293,93 (sete milhões, setecentos e quinze mil, duzentos e noventa e três reais e noventa e três centavos).

O maior valor declarado é do atual prefeito, com pouco mais de R$ 1,7 milhão, seguido por Marquinhos Trad (PSD), com R$ 1,4 milhão. Fecha a lista de milionários do grupo o candidato do PV, Marcelo Bluma, com pouco mais de R$1,3 milhão.

O menor valor declarado foi do candidato do Partido da Causa Operária (PCO), José Flávio Arce de Oliveira, que disse à Justiça Eleitoral uma microempresa, no valor de R$ 10 mil, identificada como Conveniência do Bidao.
Apenas a declaração de bens de dois candidatos, o empresário Luiz Pedro Guimarães, do PROS, figura presente no Paço Municipal durante gestão de Gilmar Olarte, hoje também no PROS, e o filho do ex-governador Pedro Pedrossian, Pedro Pedrossian Filho, ex-deputado federal, hoje presidente regional do Partido da Mulher Brasileira, não constavam na Justiça Eleitoral até o fechamento da matéria.

Confira quanto cada candidato declarou à Justiça:

Alcides Bernal – PP – R$1.740.452,78
Adalton Garcia – PRTB – R$422.160,00
Alex do PT – R$198.615,31
José Flávio Arce – PCO – R$10.000,00
Aroldo Figueiró – PTN – R$250.000,00
Athayde Neri – PPS – R$610.000,00
Coronel David – PSC – R$825.608,35
Elizeu Amarilha – PSDC – R$325.000,00
Luiz Pedro – PROS – não declarou
Marcelo Bluma – PV – R$1.321.863,76
Marquinhos Trad – PSD – R$1.400.126,51
Pedrossian filhos – PMB – não declarou
Rosana Santos – PSOL – R$46.701,02
Rose Modesto – PSDB – R$413.041,60 
Suél Ferranti – PSTU – R$151.724,60

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também